Quais os 10 estados que mais arrecadam com o IPVA

Os proprietários de carros, motos e afins possuem uma sigla muito conhecida para acrescentar no seu calendário: IPVA. O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores é uma das taxas mais importantes a serem pagas e a principal forma de arrecadação do Detran. Saiba mais sobre ele e quais os estados que mais arrecadam.

O que você precisa saber sobre o IPVA?

O IPVA é um dos impostos mais caros e mais importantes do Brasil. Ele é de pagamento anual, por enquanto com envio ou liberação de boleto para pagamento no primeiro trimestre do ano. Junto com ele também se paga o DPVAT, o seguro obrigatório.

Para o IPVA RJ 2018 e os demais estados continuam as regras dos anos anteriores. O imposto pode ser pago à vista ou em parcelas, com desconto de 10% para pagamento em parcela única. Caso não seja quitado o carro fica em débito com o Departamento de Trânsito (Detran) e pode ser apreendido. O documento do veículo (de validade anual) também não é gerado.

O não pagamento do imposto gera multa e apreensão do veículo em uma blitz de fiscalização. O pagamento pode ser regularizado diretamente em um posto de atendimento do Detran ou na sede da Secretaria da Fazenda de diversas cidades brasileiras.

Os Estados que mais arrecadam IPVA

O pagamento anual do IPVA permite aos Estados construção de novas vias, manutenção, criar um sistema de sinalização, dentre outros feitos. Tudo relacionado ao trânsito é pago com este imposto, por isso a sua importância é tão ressaltada com o Detran. 

Mas alguns estados arrecadam bem mais. Por que? Simples: quantidade de veículos nas ruas. Um Estado menor e com menos proprietários arrecada um montante bem menor de IPVA, logicamente. Contudo, também investe menos mas não há necessidade de tanto investimento.

Os Estados que mais arrecadam com IPVA no Brasil segundo dados de 2016 são:

  1. São Paulo – mais de R$ 13 bilhões;
  2. Minas Gerais – mais de R$ 3 bilhões;
  3. Rio Grande do Sul – mais de R$ 2 bilhões;
  4. Paraná – mais de 2 bilhões;
  5. Rio de Janeiro – mais de 2 bilhões;
  6. Bahia – mais de R$ 900 milhões;
  7. Goiás – mais de R$ 900 milhões;
  8. Pernambuco – mais de R$ 800 milhões;
  9. Minas Gerais – mais de R$ 700 milhões;
  10. Brasília – mais de 500 milhões.

Quanto custa o IPVA?

Um dos pontos baixos do imposto é ser proporcional ao veículo. Quanto mais novo ele é mais caro fica o IPVA, assim como o modelo. Carros nacionais pagam IPVA mais barato que os importados.

Outra variante é o Estado. Em algumas cidades com o custo de vida mais alto o imposto acaba se tornando mais elevado também. O mesmo veículo em São Paulo, por exemplo, possui um IPVA muito mais alto que em Recife, Pernambuco, ou no Paraná.

Mas infelizmente para algumas taxas não há muita explicação. Alagoas, por exemplo, chega a um IPVA de R$ 1.076,74 em um veículo popular enquanto em São Paulo o mesmo modelo fica mais em conta. Acredita-se se tratar de uma recompensa pela baixa arrecadação do estado em outras áreas.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *